quarta-feira, 6 de maio de 2020

Alcoolismo: Dr. Ivan Barenboim explica o Método Sinclair

author photo

Imagem Ilustrativa
O alcoolismo sempre foi visto pela medicina contemporânea como uma doença incurável. Isso infelizmente era uma realidade até bem pouco tempo atrás, levando a destruição de muitas vidas e famílias. Os métodos tradicionais costumam exigir muito do paciente e entregar poucos resultados.

 

Atualmente, graças a longa pesquisa de um cientista finlandês chamado John David Sinclair, temos a possibilidade de curar ou melhorar significativamente cerca de 80% dos casos de alcoolismo, utilizando o Método Sinclair que também é chamado de Extinção Farmacológica.

 

Além de ser capaz de curar ou reduzir significativamente a gravidade do alcoolismo em grande parte dos casos, a extinção farmacológica tem outras vantagens em relação aos outros métodos de tratamento. Ela dispensa as principais objeções dos pacientes ao tratamento como a necessidade de admissão do alcoolismo, a internação, a desintoxicação e a abstinência completa. Ademais, é bem simples e barato. 

 

Lamentavelmente, este método ainda é pouco conhecido especialmente no Brasil. Sendo assim, apesar deste avanço científico, ainda há muito sofrimento evitável decorrente desse problema.

 

O Método 

 

O método consiste no seguinte: a pessoa toma um remédio bloqueador dos receptores de opióides toda vez que for beber. Este remédio faz com que o cérebro desaprenda o alcoolismo, pois o bloqueio da atividade dos opióides impede que o sistema de recompensa cerebral reconheça o estímulo do álcool como algo prazeroso. Dessa maneira, o cérebro desconecta o ato de beber do prazer que ele costumava trazer. Por consequência, ocorre a extinção do comportamento de dependência. O tratamento deve ser feito de forma sistemática e consistente por pelo menos 4 meses para que os efeitos sejam sentidos de forma mais completa. Algumas pessoas já notam efeito significativo no primeiro mês, enquanto outras podem precisar de até um ano para obter os resultados desejados. 

Este medicamento é controlado e vendido somente com prescrição médica. Todavia, não apresenta muitos efeitos adversos nem provoca alterações no estado de consciência. 

 

Indicação 

 

O tratamento é indicado para qualquer pessoa que julgue estar sofrendo algum prejuízo em qualquer aspecto da vida por conta do uso exagerado do álcool. Desde alguém que esteja perdendo o controle nos finais de semana, até o indivíduo que esteja completamente sem controle, bebendo diariamente e que já tenha tentado outras formas de tratamento sem sucesso. 

 

Resultados 

 

O resultado ideal é que a pessoa submetida ao tratamento passe a ter uma relação com o álcool semelhante a de um indivíduo que não é alcoolista. No entanto, há também casos em que a pessoa melhora significativamente, reduzindo sobremaneira a compulsão pelo álcool, porem não chega a resolver completamente o problema. 

 

Simples e Barato 

 

Tomar um comprimido de um medicamento toda vez que for beber é bem mais simples e prático do que outros métodos caros e/ou complexos que envolvem intermináveis sessões de psicoterapia, repetidas internações e grupos quase diários de alcoólicos anônimos. 

 

Para mais informações e tratamento com o Método Sinclair, procure um médico especialista.  



 

 

Colaboração:

Dr. Ivan Barenboim – Psiquiatra

CRM/SP 155.444 | RQE 53559

www.clinicaohrpsiquiatria.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Proxima Proxima
Anterior Anterior