quarta-feira, 25 de março de 2020

Coronavírus: Quem fez cirurgia bariátrica faz parte do grupo de risco?

author photo
Imagem ilustrativa


Em tempos de Coronavírus diversos questionamentos surgem na sociedade. Um deles, bastante comum, volta-se às pessoas que passaram pela cirurgia bariátrica. Elas teriam sua imunidade reduzida devido a cirurgia? Quem passou pelo procedimento cirúrgico para emagrecer faz parte do grupo de risco?

A resposta é...

Muito pelo contrário!
Para alívio de pacientes e familiares, quem passou pela cirurgia bariátrica não possui imunidade baixa. Inclusive já existem alguns estudos sobre a melhora da imunidade após esse tipo de procedimento cirúrgico.
“O paciente obeso, esse sim pode participar do grupo de risco. Primeiramente porque ele geralmente tem outras doenças associadas, como pressão alta, diabetes, condições cardíacas e respiratórias afetadas.” Explica o Dr. Guilhermino Nogueira, cirurgião bariátrico referência no Brasil.

A obesidade e as inflamações

Há poucos dias, no Reino Unido, a obesidade foi incluída no grupo de risco em relação ao Covid-19, mesmo que não haja outra doença associada à ela. Sabe o real motivo? Como a obesidade tem ações inflamatórias, acaba por reduzir por si própria a imunidade da pessoa.

O estilo de vida saudável faz toda a diferença

O paciente que passou pela cirurgia bariátrica e mantém um estilo de vida saudável, recupera sua saúde. Sendo assim, deixa de fazer parte do chamado grupo de risco. Não requer nenhum cuidado especial além das recomendações já apontadas pelo Ministério da Saúde, como a higienização das mãos e etc.
É fundamental entender o quanto as pessoas que fizeram a cirurgia têm uma vida mais saudável. Entretanto, é preciso manter o fluxo das recomendações médicas, como uma alimentação balanceada, além dos exercícios físicos adequados.
“Como qualquer outra pessoa que não segue essas recomendações, o paciente que passou pela cirurgia bariátrica pode entrar para uma situação mais arriscada, só que mais pelo estilo de vida do que pela condição pós-cirúrgica.” Alerta o médico.
A atividade física, dentro dos seus limites, moderada, acaba por melhorar a imunidade das pessoas. Já o seu excesso, a exaustão, a busca por uma atividade agressiva, isso poderia complicar de alguma forma.
Sendo assim, os sedentários devem praticar atividade física moderada, de baixa intensidade. Há locais dentro da própria casa em que podemos iniciar alguns exercícios. E isso vale para todas as pessoas, até para quem alcançou o seu peso ideal.

Outra dúvida no momento

“Uma das coisas que me perguntam é, se há cirurgia marcada, o procedimento de operação deve continuar. A resposta é não. Qualquer cirurgia no corpo, nos primeiros quinze dias funciona como se fosse uma agressão ao organismo. É o que chamamos de resposta metabólica ao trauma. Isso pode diminuir a imunidade, tornar a pessoa mais suscetível à infecção.” Finaliza o cirurgião bariátrico.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Proxima Proxima
Anterior Anterior