-->

quarta-feira, 25 de março de 2020

Coronavírus: A importância da alimentação adequada para a prevenção e tratamento de infecções

author photo
Imagem Ilustrativa

A quarentena vivida hoje pelas pessoas no Brasil e no mundo em decorrência ao Covid-19 tem levantado diversas dúvidas quanto à prevenção e tratamento da doença. E quando apontamos a vigilância e a terapia como formas de combate, atentamo-nos principalmente à alimentação a ser seguida.
Então, quais são as orientações no embate contra o Coronavírus?

A maior riqueza oriunda da natureza

Você sabia que os vírus (seja o que vem alarmando o planeta ou tantos outros) podem tirar nosso apetite e, com isso, causar desidratação? Portanto, a hidratação é um dos grandes aliados no combate às infecções. Sendo assim, ao ingerirmos água evitamos esse dessecamento.
“Ao tomarmos água evitamos a desidratação. Ela é essencial e fundamental nessa luta que estamos travando.” Exemplifica a nutróloga Dra. Valéria Goulart.
A água vai muito além do que foi explicado nesse combate ao Coronavírus. Lavar as mãos é uma recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde). Aliada ao sabão, a água é um dos itens principais que ajudam a eliminar o vírus antes que o mesmo chegue à boca, nariz ou olhos devido ao contato direto.
Com a água é possível ainda lavar frutas e hortaliças, louças e utensílios, e cozinhar. Aliás, não esqueça de lavar alimentos antes de comer ou guardar, é necessário usar o hipoclorito, apenas vinagre não garante a higienização de acordo com a médica. Separar uma bucha para lavar legumes e frutas com água e sabão também é uma opção. Embalagens também podem estarem contaminadas e requer cuidados, as mesmas podem serem desinfectadas com álcool gel.

Fibras nossas de todos os dias

Muitas são as pessoas que reconhecem a importância das fibras na alimentação saudável. A sua eficácia no combate a multiplicação de organismos patogênicos acontece de forma natural.
Vamos entender o processo: temos em nosso corpo a microbiota intestinal, ou seja, um conjunto de bactérias benéficas que também são protagonistas quando o assunto é nosso sistema imunológico. Aliadas à mucosa intestinal, elas arrebentam com os organismos patogênicos, formam barreiras e evitam a sua multiplicação.
“Onde encontramos as fibras? Nas frutas, legumes, em cereais integrais, aveia e até nas verduras.” Recomenda a nutróloga.

Vitaminas pra que as quero

Os produtos denominados in natura são fontes de vitaminas e minerais naturais. As frutas e hortaliças, tão recomendadas pela OMS (cerca de cinco porções diárias) apresentam-se como ótimos exemplos. Abuse do colorido com elas. Deixe seu prato repleto dessas cores. Contudo, não se esqueça da proteína animal. As carnes vermelhas, por exemplo, são ricas em zinco.
“Temos ainda as variedades de oleaginosas no mercado, que são as nozes, amêndoas, as castanhas. Pois bem, são ricas em magnésio. E não podemos esquecer a vitamina C encontrada nas frutas cítricas, como a laranja, o limão, o abacaxi, dentre outras.” Destaca a Dra. Valéria.

Temperatura adequada

Você sabia que os vírus e as bactérias podem se multiplicar rapidamente em locais em que o termômetro foge do adequado, como a temperatura ambiente, por exemplo?
Não adianta comprar alimentos ricos em nutrientes e não estocá-los de forma adequada. Os cuidados no armazenamento, e principalmente a temperatura em que eles irão permanecer, influenciam diretamente no combate ao Coronavírus, dentre outros patógenos.
Mantenha alimentos em temperaturas abaixo dos 5ºC (cinco graus). Isso retarda a multiplicação do vírus. E na hora de descongelar, mantenha o alimento dentro da geladeira. Você pode optar também pela opção ‘descongelar’ do seu aparelho micro-ondas, caso tenha em casa o eletrodoméstico.
O cozimento ou o assar dos alimentos devem ultrapassar os 70ºC (setenta graus). Além de garantir a ingestão segura, você consegue eliminar o vírus.
“Caso sobre algum alimento do almoço ou da janta, coloque-o na geladeira rapidamente. Ah, e não armazene as sobras por mais de três dias.” Finaliza a nutróloga.

Dicas finais

Tossiu, espirrou? Lave bem as mãos, principalmente antes e após você ir ao banheiro. Se você lidou com dinheiro, tenha a higienização como algo prioritário, principalmente se após o contato você irá lidar com qualquer alimento. Alimente-se adequadamente! E como estamos em quarentena, caso necessite de alguma orientação, ligue para um especialista em alimentos, como um nutrólogo, por exemplo. Ele lhe dará as melhores dicas em relação a uma alimentação simples e saudável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Proxima Proxima
Anterior Anterior