sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Método Sinclair: A cura para o alcoolismo

author photo
Imagem ilustrativa
O alcoolismo sempre foi visto pela medicina contemporânea como uma doença incurável. Isso infelizmente era uma realidade até bem pouco tempo atrás, levando a destruição de muitas vidas e famílias. 

Felizmente, graças a longa pesquisa de um cientista finlandês chamado John David Sinclair, hoje temos a possibilidade de curar cerca de 80% dos casos de alcoolismo, utilizando o método desenvolvido por ele, conhecido como Método Sinclair ou de extinção farmacológica. Nos casos de outras dependências químicas como a de cocaína e crack, ainda não temos dados estatísticos tão precisos, mas os mesmos princípios podem serem aplicados eficazmente no seu tratamento. 

Além de ser capaz de curar o alcoolismo e ser muito promissor para outras dependências químicas, a extinção farmacológica tem outras vantagens em relação aos outros métodos de tratamento. Ela não exige, por exemplo,  reconhecimento do alcoolismo, internação, desintoxicação ou abstinência. Ademais, é bem simples e barato. 

Lamentavelmente, este método ainda é pouco conhecido especialmente no Brasil. Sendo assim, apesar deste avanço científico, ainda há muito sofrimento evitável decorrente desses problemas por conta da falta de divulgação. 

O método 

O método consiste no seguinte: a pessoa toma um remédio bloqueador dos receptores de opióides toda vez que for beber. Este remédio faz com que o cérebro desaprenda o alcoolismo, pois o bloqueio da atividade dos opióides impede que o sistema de recompensa cerebral reconheça o estímulo do álcool como algo prazeroso. Dessa maneira, o cérebro desconecta o ato de beber do prazer que ele costumava trazer. Por consequência, ocorre a extinção do comportamento de dependência. O tratamento deve ser feito de forma sistemática e consistente por pelo menos 4 meses para que os efeitos sejam sentidos de forma mais completa. No entanto, na minha experiência, no primeiro mês já costuma ser possível observar resultados. 
Este medicamento é controlado e só vendido sob prescrição médica. Todavia, não apresenta muitos efeitos adversos nem provoca alterações no estado de consciência. 

Indicação 

O tratamento é indicado para qualquer pessoa que julgue estar sofrendo algum prejuízo em qualquer aspecto da vida por conta do uso exagerado do álcool ou outra droga. Desde alguém que esteja perdendo o controle nos finais de semana, até alguém que esteja completamente sem controle, tentado outras formas de tratamento sem sucesso. 

Resultados 

O resultado esperado é que a pessoa submetida ao tratamento passe a ter uma relação com o álcool semelhante a de um indivíduo que não é alcoolista. A pessoa volta a ter um relacionamento com o álcool, igual ao que ela tinha antes de desenvolver o alcoolismo. 

Simples e Barato 

Nem se compara tomar um comprimido de um medicamento toda vez que for beber com todos estes outros métodos caros e/ou complexos que envolvem intermináveis sessões de psicoterapia, repetidas internações e grupos quase diários de alcoólicos anônimos. 

Para mais informações e tratamento com Método Sinclair, procure um médico especialista.  



Colaboração: Dr. Ivan Barenboim - Psiquiatra | Doutor TV em Revista!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Proxima Proxima
Anterior Anterior